20 janeiro 2019

Resenha: Obsidiana - Jennifer L. Armentrout

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout
Livro: Obsidiana
Série: Saga Lux (vol 1)
Páginas: 320
Editora: Valentina
Ano: 2015
Autora: Jennifer L. Armentrout



Sinopse: Começar de novo é um saco.Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices…Até dar de cara com o meu vizinho lindo, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm…os prognósticos estavam melhorando.Até que…ele abriu a boca. Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.O alien gato (meu vizinho) tem poderes!!!Você me ouviu bem. ALIEN! A verdade é que ele e a irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. O rastro que deixou em mim brilha como árvore de natal e isso não é nada bom. O único jeito de sair viva dessa é ficar colada em Daemon até a magia alienígena desaparecer.Quer dizer, isso se eu não matar o cara primeiro.
Apaixonante, hipnotizante e clichê. Três palavras para descrever esse livro maravilhoso de Jennifer.

A trama:

Katy Swartz possui 17 anos e acaba de se mudar para uma pequena cidade e lá ela conhece Daemon Black um alienígena que segundo ela, é a definição de perfeição. De cara os dois parecem não se darem muito certo e vivem brigando, ele sempre a provoca e ela sempre o rebate e todo aquele clichê do casal que de inicio não se gostam mas depois se apaixonam um pelo outro. Katy adora ler e tem um blog literário (que incrível Jennifer), lugar onde ela passa a maior parte do tempo, ao longo da história Katy é "quase" atropelada e ele a salva, a partir daí coisas estranhas começam a acontecer e segredos vão sendo revelados.

Narrativa, Linguagem e Narrador:

Este é o primeiro livro que leio em 2019 e espero conseguir ler 51 livros durante esse ano todo e vocês poderão acompanhar minha jornada na barra que fica a direita no blog.

Quando comecei a ler Obsidiana lembro me bem de ter ficado bem obcecada com o enredo, lia muitas páginas durante poucas horas a leitura fluia muito bem, a história é narrada em primeira pessoa, o ponto de vista de Katy. Particularmente adorei a enredo e não tenho o que reclamar tudo se passou no tempo certo para mim. A escrita de Jennifer me agradou bastante e achei bem parecida com a de Becca (Sussurro).

Sem pesar na descrição dos cenários e personagens, Jennifer ainda consegue nos transportar ao universo de Katy e os alienígenas, a maneira como ela explica sobre os poderes e outras informações de Daemon nos leva realmente a acreditar que tudo isso existe. Com uma linguagem totalmente condizente ao ambiente em que se passa Obsidiana é um dos livros de gênero romântico mais interessante que li e com uma ideia bastante original, aliens.

Personagens e Diálogos: 

Todos os personagens contidos no livro são bastantes interessantes e bem construídos com exerção da mãe de Katy (comentarei mais sobre isso em breve).

Katy Swartz é a personagem principal ela é um pouco chata às vezes, perseverante e confiante. Suas atitudes são um pouco rebeldes diferentemente de outras mocinhas que vemos em outros livros e agora entra o clichê, ela não se considera muito bonita ou atraente e por vezes acha que não merece tal coisa mas ainda bem que ela não é tímida!

Daemon Black é o nosso rapaz da história, com base nas descrições de Katy, Daemon é bastante chato, arrogante e metido mas também é atraente, bonito, forte e etc, uma perfeição! (olha o clichê que tanto amamos aí novamente).

Dee Black, irmã de Daemon. Ahhhh eu gostei de Dee e a achei muito fofa e tem a mesma idade do irmão (eles são gêmeos), ela é alegre (diferente do irmão) e super ativa socialmente, e claro não podemos esquecer que ela também é considerada uma perfeição de garota, Dee se torna a primeira amiga de Katy apesar do irmão não gostar nada dessa ideia.

Temos alguns personagens secundários também, eles não participam tanto da trama como achei que participaria e temos a mãe de Katy, caramba! Se ela estivesse no livro ou não sinceramente não faria diferença, super sem personalidade e carisma. Ela não me convenceu.

Há muitos diálogos aqui e em grande parte não são muito longos e nem muito curtos e me pareceu bastante plausíveis.

Concluindo:

Quando comecei a ler Obsidiana tinha acabado de ler O Garoto no Convés e precisava de um livro mais leve e que curasse a minha ressaca literária e como já fazia um tempinho que não lia nenhum romance acabei comprando este aqui, e não pude estar mais feliz pela escolha. Adorei o enredo e me apaixonei pelos personagens.

Uma história com muita ação, romance e drama, estou louca para comprar o próxima livro da saga. Amei a a história, desde a forma como os irmãos black se protegem até o fato de Katy possuir um blog literário. Deixo aqui minha indicação aos fãs de romances e alienígenas ❤

– Você não parece um alien! – Ele arqueou uma sobrancelha.– E como aliens se parecem?-Não… Não como você – Balbuciei – Eles não são lindos.– Você me acha lindo? – Ele sorriu.”


Classificação:

Prazer em conhecê-lo/a, me chamo Lorena e tenho 18 Anos. Eu encontrei um refúgio, um lugar para fugir quando eu estiver vontade, um espaço só meu. Sabe o que é mais incrível? deixarei você entrar quando quiser.

Facebook

Busca

Follow by Email

Receba as novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog:

Classificação

Classificação

Calendário de Posts

Calendário de Posts

Siga no twitter

Mais lidos

Tecnologia do Blogger.